Encontro entre Santo Antônio e São Francisco

 


Não foi um encontro qualquer, mas um VERDADEIRO ENCONTRO DE IRMÃOS.

Há 800 anos, Santo Antônio se encontrava com o São Francisco de Assis – uma autêntica poesia, celada por um afetuoso abraço, de dois grandes homens abrasados pelo amor de Deus.

O Santo de Assis, carinhosamente se refere à Santo Antônio como “episcopo meo” (meu bispo), tomado aqui pela importância da contribuição, enquanto Teólogo e Pregador, que o Frei português trazia para a Ordem. É uma homenagem fraterna e carinhosa dada por Nosso Pai Seráfico.

Antônio trazia uma nova possibilidade àquele grupo de frades, o de aprofundamento na Palavra de Deus por meio do Estudo da Teologia. Embora para São Francisco isso fosse motivo de reflexões, o Santo de Assis não nutria ressentimentos, mas complementava a “pedagogia de Antônio” ao reforçar que a verdadeira ciência não deve afastar do crescimento ao amor de Deus – o estudo deveria favorecer a “santidade interior do espírito” (RnB 17,12)

Santo Antônio não só admirava São Francisco (e era retribuído), mas amava o Menestrel de Assis com profundidade e compreendia seus direcionamentos – era uma verdadeira comunhão entre a devoção e a teologia. Ambos caminham em unidade, ou como melhor podemos definir, eram FRATERNIDADE. São Francisco com sua vida de singular unidade com a Criação e sua vivência penitencial, Santo Antônio, com sua vida penitencial e pregação doutrinal. Nessa “cumplicidade santa”, ambos testemunham o mundo a profundidade de Deus.

Santo Antônio e São Francisco, roguem por nós!


CFFB Piauí

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

Nenhum comentário:

Postar um comentário